Mas afinal o que são quilates de ouro?

Todos nós sabemos que o ouro é um metal de extrema importância para a sociedade actual: é utilizado em jóias, troféus, componentes electrónicos, peças de decoração e muitas vezes, faz parte de itens que são passados de geração em geração no seio das nossas famílias. para além disto, hoje em dia, o ouro é também útil para vender e lucrar, uma vez que sempre foi um metal com um alto valor económico e de bastante procura.

No entanto, quando compramos uma peça de ouro ou vamos avaliar as que já temos, somos sempre informados acerca dos quilates de ouro dessa peça. Por isso, achei interessante descobrir mais acerca desta medida.

É importante realçar que as jóias que usamos ou adquirimos nunca são feitas de ouro puro, uma vez que este é muito maleável e deforma-se com facilidade. Então, estas peças consistem numa mistura de ouro com outro metal, geralmente o cobre ou a prata, o que confere mais rigidez à peça. Logo, o quilate serve para referenciar a proporção de ouro presente na jóia face ao outro metal.

O chamado ouro 24 quilates corresponde, na verdade, a uma quantidade de 24 g de ouro; ou seja, em cada 24 gramas da jóia, 24 são de ouro. Este é o valor máximo de quilates existentes numa jóia de ouro, pois um valor superior iria comprometer a resistência e durabilidade da peça.Por outro lado, a expressão “ouro 18 quilates” significa que, em cada 24 gramas de jóia, 18 g são de ouro, e o restante é cobre e/ou prata. Já as jóias feitas com ouro 12 quilates, ou seja, com 12 g de ouro, a restante parte da peça é geralmente feita de cobre, conferindo a estas jóias um tom mais avermelhado e que se oxidam com mais facilidade do que o ouro de 18 quilates.

E pronto, então fica aqui uma informação relacionada com a Química que pode vir a ser muito útil no futuro, para quando quisermos investir numa peça mais valiosa e ficarmos mais esclarecidos acerca da mesma.

Sara Vieira    12º CTB

Anúncios

Sobre 13moleculasapular

Química (do egípcio kēme (chem), significando "terra") é a ciência que trata das substâncias da natureza, dos elementos que a constituem, das suas características, propriedades combinatórias, processos de obtenção, das suas aplicações e da sua identificação. Estuda a maneira pela qual os elementos se ligam e reagem entre si, bem como a energia desprendida ou absorvida durante estas transformações.
Esta entrada foi publicada em Curiosidades e Descobertas, Tabela Periódica, Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s