Com muita humidade, tudo piora!

Não é somente um mito, como também verdade que os nossos cabelos mudam consoante a humidade do ar.

Provavelmente todos já, num ou noutro dia mais chuvoso, reparamos que o nosso cabelo fica incontrolável! já ouviu alguém falando que, quando chove, os cabelos ficam incontroláveis. É um facto que os cabelos lisos, quando expostos à humidade, tendem a ficar ondulados, enquanto os que já de si apresentam mais jeitos, ficam com ainda mais volume!

Image

A questão é: porque é que isso acontece? Primeiro convém saber que o cabelo humano é extremamente sensível à humidade, tanto que algumas estações de monitoramento usam o cabelo como mecanismo de medida, uma vez que ele muda de comprimento conforme o ar ao qual está exposto e de acordo com a quantidade de hidrogénio presente na atmosfera.

Todas estas transformações que ocorrem no nosso cabelo se devem à química!

A estrutura capilar é formada por proteínas de queratina, que se unem, quimicamente falando, de duas maneiras diferentes: podem formar uma ligação dissulfureto, na qual dois átomos de enxofre estão “covalentemente” ligados entre si e dão mais força ao cabelo, fazendo com que ele não seja afetado pela humidade do ar.

Outro tipo possível de conexão é formada apenas por uma ligação de hidrogénio, que desfavorece a força da estrutura capilar, fazendo com que o cabelo fique mais fraco. Nesses casos, há uma quebra de ligações de hidrogénio sempre que o cabelo fica húmido e seca em seguida. Estas ligações ocorrem quando as moléculas de queratina formam uma atração fraca com as moléculas de água presentes na humidade, o que faz com que duas proteínas de queratina se unam! Já que o ar húmido possui mais moléculas de água do que o ar seco, um único fio de cabelo pode formar várias ligações de hidrogénio e, quando muitas dessas ligações são formadas, os fios do cabelo alteram a sua forma e sofrem pequenas dobras e levantamentos, acabando por ficar ondulados!

Ana Margarida Nunes, 12ºCTB

 

Anúncios

Sobre 13moleculasapular

Química (do egípcio kēme (chem), significando "terra") é a ciência que trata das substâncias da natureza, dos elementos que a constituem, das suas características, propriedades combinatórias, processos de obtenção, das suas aplicações e da sua identificação. Estuda a maneira pela qual os elementos se ligam e reagem entre si, bem como a energia desprendida ou absorvida durante estas transformações.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s