A Química por trás da moca – Propriedades Químicas da Cannabis

Com toda a temática de viagens de finalistas vêm referências a excessos: alcoól, tabaco e, invariavelmente, drogas. Vamos então descobrir um pouco mais sobre “a mais natural das drogas”:

A Cannabis, também conhecida como Marijuana ou Maconha, refere-se a várias drogas psicoativas e medicamentos, derivados de plantas do género Cannabis. Farmacologicamente, o principal constituinte psicoativo desse tipo de planta é o Tetrahidrocanabinol  (THC), um dos 400 compostos da planta, incluindo outros canabinoides,  como o canabidiol  (CBD), canabinol  (CBN) e tetrahidrocanabivarin (THCV).

Tetrahidrocanabinol é, então, a principal substância psicoativa encontrada nas plantas do género Cannabis, e pode ser obtida por extração a partir dessa planta ou por síntese laboratorial.

Um estudo não encontrou diferenças entre os efeitos do consumo de Cannabis e de THC puro, mas críticas a esse estudo apontam para que tenham sido usadas plantas de Cannabis de fraca qualidade e parcialmente deterioradas, que não mantinham os componentes normais de terpenóides e flavonoides tais como canabinol (CBN) e canabidiol (CBD). Assim, conclui-se que os efeitos do consumo de Cannabis não se devem só ao THC, embora este seja o principal responsável.

A cannabis é frequentemente consumida pelos seus efeitos psicoativos e fisiológicos que podem incluir bom humor, euforia, relaxamento e aumento do apetite. Entre os efeitos secundários indesejados encontram-se a diminuição de memória de curto prazo, boca seca, dificuldade motora, vermelhidão dos olhos e sentimentos de paranoia, desorientação ou ansiedade.

Os efeitos do THC devem-se sobretudo à sua ligação a recetores cannabinóides, presentes em muitas áreas do cérebro. Estes recetores têm importância em diversos processos fisiológicos, tais como regulação do metabolismo, da dor, da ansiedade, do crescimento ósseo e da função imunitária.

Na utilização clínica de Cannabis, a referida Marijuana Medicinal, os extratos são compostos geralmente pelas extremidades superiores das plantas, sem sementes, com um potência de até 20% de THC.

 

Carolina Duarte 12ºCT-B

Anúncios

Sobre 13moleculasapular

Química (do egípcio kēme (chem), significando "terra") é a ciência que trata das substâncias da natureza, dos elementos que a constituem, das suas características, propriedades combinatórias, processos de obtenção, das suas aplicações e da sua identificação. Estuda a maneira pela qual os elementos se ligam e reagem entre si, bem como a energia desprendida ou absorvida durante estas transformações.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s