Bora exprimentar!!

Provavelmente vocês devem estar a pensar ”  Ok Ariana, já chega de artigos sobre a Coca-cola”….

E inicialmente eu só ia publicar um artigo, mas é que não resisti e tinha que publicar também esta experiência e explicar o porquê e o como isto acontece…

Na parte final da aula de hoje (que foi deveras muito informativa) falamos em realizar uma experiência que consiste, basicamente, em fazer POFFFT POFT, isto é, explosões…

E toda a gente gosta de fazer explodir alguma coisa, né?

Mas como é vamos fazer isto? E por que é que isto acontece?

Como é muito fácil, e o que eu vou apresentar agora é uma alternativa àquilo que falamos hoje, mas que também causa um efeito muitoooo giro. muahahahah

Vamos apenas juntar mentos com Coca-cola.

porquê já é um bocadinho mais extenso…

Os Mentos como são mais densos que o refrigerante, vão direto para o fundo da garrafa. Estes provocam uma pequena “revolução” na garrafa: em contato com o refrigerante, as bolas aumentam a quantidade de gás e provocam o surgimento de bolhas grandes, que tendem a escapar sob a forma de um jato explosivo. O equilíbrio entre o gás e o líquido nos refrigerantes é facilmente quebrável. Se pegarmos num pedaço de gelo e colocarmos na Coca, também vão se formar bolhas em torno dele. Qualquer coisa que quebre a homogeneidade ou o equilíbrio do sistema gás-líquido, provoca uma saída de gás (CO2).

Isto devido ao ácido carbônico (H2CO3) presente no refrigerante, que é instável e rapidamente se decompõe: H2CO3 → CO2(g) + H2O

Assim, os Mentos deslocam o equilíbrio da reação na direção da formação do gás carbônico/dióxido de carbono, que preso na garrafa aumenta a pressão, causando a explosão.

Além disso, os Mentos tem ácido cítrico – o mesmo do limão -, que tende a aumentar a formação de dióxido de carbono.

Outro fator é a superfície irregular da bala – vista pelo microscópio, ela apresenta buracos minúsculos. E, quanto mais irregular for uma superfície, maior a tendência de provocar bolhas.

Experiências com Fanta, 7UP, Sumol  também dão resultado, e também pode acontecer com refrigerantes diet ou light. Mas por ser mais denso por causa do açúcar, o refrigerante normal retém a expansão do gás carbônico. No refrigerante diet, como não leva açúcar na sua fórmula, as bolhas têm mais liberdade para se movimentar.

Há coisas tão simples de se fazer e, ao mesmo tempo, tãoooo educativas 😛 hihihihi

Ariana Oliveira

Anúncios

Sobre 13moleculasapular

Química (do egípcio kēme (chem), significando "terra") é a ciência que trata das substâncias da natureza, dos elementos que a constituem, das suas características, propriedades combinatórias, processos de obtenção, das suas aplicações e da sua identificação. Estuda a maneira pela qual os elementos se ligam e reagem entre si, bem como a energia desprendida ou absorvida durante estas transformações.
Esta entrada foi publicada em Curiosidades e Descobertas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s