“Rir é o melhor remédio”

A frase que parece apenas um lema dos otimistas tem uma comprovação científica, uma vez que a risoterapia (ou terapia do riso) tem-se mostrado bastante eficaz no combate a diversas doenças. Há claras evidências de que as defesas imunitárias aumentam por meio do riso. Como explica um especialista O riso treme, vibra o nosso corpo e relaxa-nos proporcionando-nos uma sensação de bem-estar. Ele ativa no nosso cérebro a produção de substâncias químicas que nos protegem contra acidentes vasculares cerebrais, stress, problemas cardíacos e até depressão”.

Image

Os estudos determinam que a risada precisa de ser daquelas “sinceras”. Segundo o que médicos afirmam, o benefício do riso só surte efeito se a risada for intensa, de esvaziar o pulmão e chegar ao ponto de, ironicamente, nos doer o peito. Risadas dadas por educação, portanto, não têm o poder de libertar endorfina no organismo, não beneficiando o ser humano de nada. Quanto maior a intensidade da risada, maior será a produção dos neurotransmissores importantes para a saúde, como as endorfinas e as serotoninas, que são antidepressivas.

Esta descoberta relativamente ao efeito do riso como analgésico, na verdade, foi apenas um dos focos do estudo. Conforme a teoria dos pesquisadores de Oxford, foi o ato de rir que conferiu aos nossos ancestrais, na pré-história, uma maior coesão entre as tribos que permitiu a sua sobrevivência. A risada, portanto, é também um fator de união social.

Ao rirmos e darmos as tais gargalhadas “sinceras”, ocorre a libertação de hormonas, estas que proporcionam ainda mais paciência e harmonia, tão necessárias a uma boa convivência!

Como a terapia do riso estimula o processo de cura?

Ao gargalhar, o indivíduo trabalha quase todos os músculos do rosto e do abdomén, promovendo uma maior oxigenação do cérebro e estimulando a libertação da endorfina (substância que ameniza a dor e promove o prazer). A risada tem ainda efeito anestésico e aumenta a imunidade do organismo. Por isso, pesquisas realizadas nos EUA comprovaram que ela acelera o processo de cura e diminui o tempo de internações.                  

Passos para praticar a terapia do riso e incluí-la no seu dia a dia

● Durma com bons pensamentos e acorde de bom humor
● Dê bom dia para si mesmo e para tudo que está a sua volta
● Pense em todas as coisas boas que pretende fazer no dia

Facilmente podemos concluir que a frase “rir é o melhor remédio” é verídica e que, com vista a promover a nossa saúde, devemos fazer do riso um hábito do nosso dia-a-dia. Não que seja motivo de preocupação para nós, visto que nos rimos por tudo e por nada, ainda somos novinhos, mas que daqui a uns anos nos lembremos que rir nos faz bem !

Ana Margarida Nunes, 12ºCTB

Anúncios

Sobre 13moleculasapular

Química (do egípcio kēme (chem), significando "terra") é a ciência que trata das substâncias da natureza, dos elementos que a constituem, das suas características, propriedades combinatórias, processos de obtenção, das suas aplicações e da sua identificação. Estuda a maneira pela qual os elementos se ligam e reagem entre si, bem como a energia desprendida ou absorvida durante estas transformações.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s