A química do Natal

Image

Esta iniciativa foi desenvolvida por jovens cientistas londrinos, que se apresentaram na Big Bang UK, uma feira inglesa de tecnologia. Eles construíram uma bateria com mil couves-de-bruxelas e ligaram, a cada uma delas, elétrodos de zinco e cobre.

O sistema requer a colocação de elétrodos de cobre e de zinco dentro das couves, de modo a gerar uma reação química, que origina corrente elétrica e acende as luzes LED que iluminam a árvore de Natal.

Juntas, as mil couves-de-bruxelas produzem uma corrente de pouco mais de 60 volts. Estas iram continuar a gerar corrente desde que se mantenham frescas e não entrem no processo de decomposição.

As couves-de-bruxelas são apenas um exemplo, escolhido devido à popularidade do alimento na ceia de Natal dos ingleses. A lógica do sistema desenvolvido pelos jovens, funciona também com outros vegetais e frutas, sendo que quanto maior a concentração de água no alimento, melhor pode ser o seu desempenho como condutor elétrico.

Ana Catarina Gonçalves, CT-B

 

 

 

Anúncios

Sobre 13moleculasapular

Química (do egípcio kēme (chem), significando "terra") é a ciência que trata das substâncias da natureza, dos elementos que a constituem, das suas características, propriedades combinatórias, processos de obtenção, das suas aplicações e da sua identificação. Estuda a maneira pela qual os elementos se ligam e reagem entre si, bem como a energia desprendida ou absorvida durante estas transformações.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s